Quintas





Indique a localidade onde se encontra, o sistema irá apresentar o respectivo trajecto:

Quinta da Terrugem




Situada no Alentejo, na freguesia da Terrugem, no concelho de Elvas, em plena região demarcada de Borba, é hoje um ex-libris dos vinhos alentejanos.

Adquirida em 1991, possuía inicialmente 14 hectares de vinha e tem hoje cerca de 60ha plantados com as castas Aragonês, Tinta Roriz, Trincadeira, Castelão, Syrah, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet.

A adega da Quinta da Terrugem está implantada num edifício de traça regional alentejana encastrado numa pequena elevação de terreno na propriedade, que permite o trabalho das uvas através do declive natural.

No exterior encontra-se toda a área de recepção das uvas que, consoante a sua origem, são recebidas numa mesa de escolha ou num pequeno tegão, de onde seguem para um desengaçador e para um permutador que lhes vai infringir um choque térmico, visando uma redução de temperatura para os 10º C.

Com esta operação vai iniciar-se o processo de vinificação que consta de uma maceração a frio seguida da fermentação alcoólica e de maceração final pós fermentativa.

Estas operações decorrem em cubas de aço inox, tipo lagar de tampa flutuante de capacidade variável dos 5 aos 20000 litros, refrigeradas por circulação de água fria.

As operações de remontagem e de descarga são absolutamente manuais e a prensagem tem lugar em pequenas prensas hidráulicas visando o máximo aproveitamento dos vinhos devido à suavidade da operação.

Aqui se produz, só em anos excepcionais, o T Quinta da Terrugem, considerado como um dos melhores vinhos do Alentejo.

Vinhos que são provenientes desta propriedade:
- T Quinta da Terrugem
- Quinta da Terrugem
- Alabastro Reserva
- Alabastro Tinto
- Alabastro Branco

Técnico Responsável:
A condução técnica da propriedade está a cargo do Eng.º João Chamorro.